Recados para Orkut
Jesus, Eu Confio em Vós!
Fala comigo com simplicidade, como entre amigos. Diz-me então, Minha filhinha, o que te impede na via da santidade? Jesus (Diário 1487)

Digite aqui o seu Email e receba as boas novas do nosso blog

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Ecumenismo: Comunidade de Taizé reúne jovens em encontro europeu de final de ano em Basileia

Irmão Alois propõe refletir sobre a «alegria» ao longo de 2018


Taizé, França, 28 dez 2017  – A Comunidade Ecuménica de Taizé (França) vai reunir milhares de jovens no seu encontro europeu de final de ano, que começa hoje e termina a 1 de janeiro de 2018, em Basileia, Suíça.
A comunidade monástica destaca que o encontro de final de ano de 2017 é o primeiro que decorre em “três países simultaneamente” - Suíça, Alemanha e França – porque os habitantes da região “estão habituados a atravessar fronteiras”.
“A cidade é muito aberta à diversidade. Basileia acolheu um Concílio da Igreja Católica (Basileia-Ferrara-Florença, entre 1431-1445) e foi um centro da Reforma Protestante; o convite para o Encontro conta com onze assinaturas”, assinalam os responsáveis da comunidade ecuménica.
Segundo o programa do encontro, esta quinta-feira os jovens começam a chegar a Basileia na parte da manhã; depois do acolhimento vão às paróquias e às famílias de acolhimento e a oração comunitária, à noite, é em St. Jakobshalle ou em St. Jakob-Arena.
Já nos dois dias seguintes, sexta-feira e sábado, a oração da manhã é na paróquia de acolhimento, seguida de um tempo de partilha em grupos de reflexão ou encontros com pessoas empenhadas na vida da comunidade.
A tarde de 29 e 30 de dezembro é vivida em diferentes locais do centro da cidade em ateliês dedicados a temas como “compromisso social, fé e vida interior, criação artística”.
Este domingo destacam-se os encontros por países no centro de Basileia, da parte da tarde, e às 23h00 locais, menos uma hora em Lisboa, começa a vigília de oração pela paz no mundo, seguida da «festa dos povos» nas paróquias de acolhimento.
regresso aos países é a partir das 16h00 do dia 1 de janeiro de 2018, Dia Mundial da Paz e Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus.
“Vir ao Encontro Europeu é ser convidado a fazer uma peregrinação às fontes da fé e da caridade, procurando as fontes do Evangelho através da oração, do silêncio e de uma procura”, assinalam os monges.
Cada pessoa que participa vai para “descobrir ou redescobrir” um sentido para a vida, ganhar alento e para se preparar para “assumir responsabilidades” no regresso a casa.
O prior de Taizé vai falar aos jovens todos os dias do encontro, no final da oração da noite, e depois as suas meditações vão ser publicados no sítio online da comunidade.
Entretanto, o irmão Alois já publicou as suas quatro propostas de reflexão para 2018 que se centram na alegria, na carta ‘Uma alegria que nunca se esgota’: 1.º “Procurar as fontes da alegria”; 2.º “Escutar o grito dos mais vulneráveis”; 3.º “Partilhar provações e alegrias” e a 4.ª “Entre cristãos, alegrarmo-nos com os dons dos outros”.
O  prior de Taizé anunciou que o encontro europeu de jovens ia realizar-se em Basileia no final do encontro de 2016 que se realizou numa antiga república soviética e em território báltico, mais concretamente, em Riga, na Letónia, onde juntaram cerca de 10 mil jovens, incluindo portugueses.
O encontro de final de ano é uma nova etapa da ‘Peregrinação de Confiança através da Terra’ que os monges dinamizam desde o final dos anos 70, do século passado, iniciada pelo fundador da comunidade monástica, o irmão Roger.

Sem comentários:

Enviar um comentário

ARQUIVO DE MENSAGENS PUBLICADAS